Conheça as vantagens de vender no cartão

O pagamento por meio de cartões de crédito se torna mais comum a cada dia e oferece comodidade ao consumidor, por isso é essencial conhecer as vantagens de vender no cartão.

Segundo o levantamento realizado pela Abes (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) os brasileiros gastaram R$ 978,8 bilhões em compras feitas com cartões de crédito e débito no ano passado.

Este número representa uma alta de 14,8% frente a 2013, e a estimativa para 2015 é de um aumento de 12% a 14% nas transações, chegando a movimentar cerca de R$1,1 trilhão.

Os cartões oferecem diversas facilidades ao consumidor, além de não correr risco transportando altas quantias, é possível concentrar os vencimentos em uma única data facilitando o planejamento financeiro, evitar esperas nos crediários ganhando mais tempo para execução de outras tarefas, facilidade de crédito e parcelamento a perder de vista.

Vantagens de vender no cartão

As pesquisas realizadas pela Abes revela que os níveis de satisfação por parte das empresas que oferecem essa modalidade de pagamento são bastantes elevados e aponta como principais motivos a eliminação de risco de não recebimento, bem como de roubo, desvios e falta de controle das contas a receber.

Os empreendedores também identificam os seguintes benefícios:

  • Mais comodidade para o cliente e vantagem competitiva para o empresário;
  • O estabelecimento não perde vendas e pode ampliar significativamente os seus negócios;
  • Oferecem aos clientes alternativas de pagamento à vista (parcela única), débito em conta ou parcelado;
  • Ofertam a possibilidade de vendas online;
  • Dão maior mobilidade ao empresário e aos negócios, pois as máquinas podem ir até o cliente. O que é bastante útil para entrega em domicílio;
  • Reduzem a necessidade de capital próprio para financiamento ao cliente;
  • Evitam burocracia e constrangimento ao cliente na elaboração de cadastro e avaliação de risco;
  • Eliminam os risco de inadimplência (comuns nos cheques e crediário), pois a instituição financeira garante o pagamento;
  • Reduzem os custos no controle de contas a receber;
  • Evitam perdas com fraudes de cheques e manuseios de valores;
  • Oferecem a possibilidade de antecipar os recebíveis das vendas parceladas;
  • Os terminais recebem e administram benefícios (vale refeição, vale alimentação, gás, etc.);
  • Ampliam possibilidades de novos negócios, como recarga de celulares, vendas de ticktes, serviços bancários, etc.

Desvantagens de vender no cartão

Os principais pontos fracos para os estabelecimentos que trabalham com vendas no cartão, ainda segundo a pesquisa da Abes, resumem-se em:

  • Longos prazos de parcelamento implicam na necessidade de mais capital de giro ou mais custos de antecipação;
  • Os custos do parcelamento são sempre do estabelecimento que fez a venda. A prática de preços diferenciados nas vendas é vedada pelo o ministério da fazenda (portaria nº 118/1994);
  • Os custos da intermediação financeira ou desconto e uso de equipamentos ainda são elevados para empresas;
  • As taxas de antecipação de recebíveis ainda são altas quando comparadas a outras operações de capital de giro;
  • Os riscos de fraude, embora reduzidos, exigem cuidados na identificação dos portadores no ato da compra.

Obrigatoriedade TEF para bares e restaurantes

Riscos de vender no cartão

O risco mais comum de uma venda feita com cartão de crédito é o de cancelamento da operação. No mercado, isso é conhecido como chargeback e ocorre basicamente nas vendas online, quando as operações dispensam senhas.

Geralmente o cancelamento ocorre devido ao não reconhecimento da compra por parte do titular do cartão ou pelo fato das transações não estarem de acordo com as regulamentações previstas nos contratos junto as administradoras.

Porém a fraude pode acontecer também por meio de cartões roubados ou clonados. Para evitá-las, o recomendável é sempre solicitar um documento de identificação ao portador do cartão. A depender do tipo de fraude, há risco de cancelamento do crédito pela administradora.

Agora que você conhece as vantagens de vender no cartão, e desvantagens, é hora de ponderar se essa facilidade vale a pena ser implementada em seu negócio.

Trabalhe com cartões e aumente suas vendas

Robson Lins

Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Campina Grande, CMO na AM3 Soluções, apaixonado por cinema, música e tecnologia.