O que é gestão empresarial e tudo que você precisa saber sobre

Em um cenário com o mercado cada vez mais competitivo e em constante mudança, saber o que é gestão empresarial e aplicá-la no cotidiano da sua organização é de extrema importância para os empreendedores.

Ter uma gestão assertiva e que gera boas diretrizes e decisões para o negócio faz com que as organizações se mantenham competitivas e não fechem as portas cedo demais .

Seja para grandes empresas ou negócios pequenos, a boa gestão é base do sucesso.

Você, de fato, sabe o que é gestão empresarial? Confira nosso artigo e inicie agora mesmo as mudanças necessárias na sua empresa para que você alcance os resultados necessários!

O que é gestão empresarial?

A gestão empresarial é o conjunto de ações e estratégias aplicadas em um negócio, utilizando seus recursos financeiros, estruturais e humanos.

Fazer a gestão empresarial é controlar, administrar e estruturar os processos de uma organização, com foco em crescimento e alcance de resultados.

Para entender o que é gestão empresarial, é preciso ter em conta que essa é uma grande estratégia que envolve todos os processos da empresa.

Com uma boa estrutura estratégica, torna-se mais fácil alcançar os objetivos propostos e manter o crescimento constante no mercado.

Ao criar boas formas de gerenciar as empresas muitos benefícios são vistos no negócio. Podemos citar alguns, como:

  • Tomada de decisões mais rápidas e assertivas;
  • Conhecimento maior sobre o mercado e concorrência;
  • Melhor uso do capital disponível;
  • Melhor integração entre as áreas do negócio;
  • Redução de custos;
  • Melhor definição e realização de metas;
  • Aumento na produtividade;
  • Aumento dos controles internos;
  • Maior planejamento a longo prazo;
  • Processos mais seguros e com menos erros.

Como aplicar a gestão empresarial?

Depois de entender um pouco sobre o que é gestão empresarial, é preciso tomar alguns passos para implementar ou melhorar a gestão. Confira:

Conheça a empresa e o mercado

Saber da realidade de seu negócio é essencial para uma boa gestão empresarial. Conhecer as áreas, saber dos pontos positivos e negativos, entender sobre as práticas mais comuns, bem como as necessidades do empreendimento, é um primeiro passo para o melhor gerenciamento.

Além disso, olhe além e tenha conhecimento de mercado.

Não adianta saber apenas sobre a sua empresa e não olhar o que está acontecendo com a concorrência. Conhecer além do seu negócio é essencial para tomar decisões e expandir.

Planeje

Ainda, planejar é imprescindível para que a empresa tenha objetivos concretos e trabalhe sabendo aonde deseja chegar. Toda empresa precisa de metas e definições.

O planejamento empresarial deve ser constante, afinal, é sempre preciso revisar o que era meta, saber o que foi feito e tomar novos rumos para expansão.

Planejar significa estar de olho nos riscos, minimizar danos e conduzir o negócio para os melhores resultados.

Trabalhe os setores em conjunto

Uma boa gestão empresarial depende muito mais do que apenas da vontade do gestor. É preciso engajar e motivar os colaboradores e, também, fazer com que os setores estejam o mais integrados possível.

Trabalhar em conjunto diz respeito a unir, integrar e interagir, dividindo problemas e encontrando soluções inovadoras com a ajuda de pessoas de fora da situação.

Raramente um setor é completamente individual. Para um bom funcionamento da empresa, todos os nichos dependem uns dos outros, por isso, integração faz parte da gestão.

Acompanhe e avalie

Ter indicadores de desempenho é essencial para o gestor avaliar o seu negócio e identificar o que está sendo feito de positivo ou negativo.

Saiba o que é importante ser medido, conte com ajuda de colaboradores, reúna dados, acompanhe o que tem acontecido e ouça aqueles que trabalham nos setores.

Conhecer os riscos e identificar problemas desde o início faz com que as providências sejam rapidamente tomadas, evitando prejuízos posteriores.

Utilize a tecnologia a seu favor

A gestão empresarial não é uma tarefa fácil, mas certamente já foi mais difícil sem o auxílio da tecnologia, quando os processos eram realizados manualmente, tomando tempo e exigindo maior esforço de todos os colaboradores.

Com o auxílio dos conhecidos sistemas de ERP, é possível automatizar tarefas, deixando mais simples a reunião de informações.

Ao utilizar softwares é possível ter informações de todas as áreas do negócio em um só lugar, tornando mais simples a integração, análise e a tomada de decisões.

Conte com um time qualificado

Como já citado, para uma gestão funcionar de verdade, é preciso ter profissionais engajados e qualificados. Por isso, é preciso saber montar times adequados e coerentes com os valores da empresa.

Além disso, dê incentivos e abertura para novas ideias, forme líderes e incentive a qualificação de cada profissional.

Utilize ferramentas

A gestão empresarial conta com diversas ferramentas que podem auxiliar os processos e facilitar a atuação nos mais diferentes times. É importante reconhecer o que pode ser utilizado e adaptado.

Separamos algumas das ferramentas que podem ser usadas no seu negócio.

Análise SWOT

A técnica, muito utilizada para a gestão empresarial, avalia o quão competitiva a empresa é frente à concorrência.

SWOT significa Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats. Ou seja, forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Ao determinar as forças e fraquezas, se analisa o ambiente interno em relação ao mercado. Por outro lado, oportunidades e fraquezas são o que o mercado, tecnologias e momento têm que pode ser positivo ou negativo para a vantagem competitiva do negócio.

Com esse mapeamento, é possível visualizar como está e projetar o que pode ser útil e o que pode atrapalhar os objetivos da empresa, dessa forma é possível traçar estratégias utilizando-se das forças para potencializar as oportunidades, assim como defender-se das ameaças

Business Model Canvas

O canvas é uma ferramenta que oferece que boa visualização dos muitos departamentos e setores de uma empresa. Através de um mapa, ele é útil para criar, mudar, testar e rever modelos.

O modelo identifica parcerias chave, atividades, proposta de valor, relações com cliente, segmentos de mercado, recursos, canais, custos e rendas.

Vale lembrar que ele é um modelo proposto, mas pode ser adaptável ao negócio e necessidades.

5 Forças de Porter

Esse é mais um modelo de análise competitiva, que permite entender melhor a concorrência e então, criar estratégias para superar e sair na frente.

As cinco forças competitivas para se definir são:

  • Rivalidade com concorrentes – quanto maior a rivalidade, maiores os investimentos necessários para se manter competitivo no mercado;
  • Entrada de novos concorrentes – quanto menos barreiras de entrada (baixo investimento, fácil regulamentação, etc) o negócio tiver, maior a possibilidade de novos concorrentes se estabelecerem no mercado;
  • Ingresso de novos produtos – ou produtos substitutos, são aqueles que atendem a mesma necessidade dos clientes da sua empresa, mas não são os mesmos que sua empresa produz. Como o Uber com relação aos táxis ou AirBnb em relação aos hotéis;
  • Poder de negociação de fornecedores – quanto menos fornecedores no mercado, maior será o poder de barganha dos mesmos;
  • Poder de negociação de clientes – quanto mais opções de produtos ou serviços estiverem disponíveis no mercado, maior a exigência dos clientes com relação a qualidade e preços mais acessíveis.

OBZ: Orçamento Base Zero

O OBZ é um planejamento orçamentário que visa minimizar as despesas e aumentar as receitas. Dessa forma, o OBZ está diretamente relacionado à gestão financeira da empresa.

Com essa ferramenta é possível entender a origem das principais despesas da empresa, estabelecer metas de cortes, priorizar o que é fundamental para o crescimento e desenvolvimento do negócio, além de eliminar gastos supérfluos.

5W2H

O 5W2H é um checklist sobre as atividades que precisam ser desenvolvidas com o máximo de clareza possível. É uma ferramenta que elimina qualquer dúvida do processo e de sua necessidade de execução.

As perguntas que devem ser respondidas são os 5W: What (o quê), Why (por que), Where (onde), When (quando) e Who (quem), além dos 2H: How (como) e How Much (quanto).

A resposta dos itens traz direcionamento para as atividades e define ações, considerando o que é prioritário ou não.

Essas são apenas algumas ferramentas que podem ser utilizadas no processo de gestão para auxiliar e dar direcionamentos ao tomar atitudes.

Saber o que é gestão empresarial e aplicá-la na empresa é primordial para saber o que de fato está acontecendo dentro do empreendimento e para manter a competitividade da empresa no mercado em que a mesma está inserida.

Como você tem gerenciado sua empresa e seus setores internos? Está sabendo reconhecer as ameaças e oportunidades e utilizando isso de forma positiva, para crescer e se destacar?

Aproveite que agora você sabe mais sobre o que é gestão empresarial, coloque nossas dicas em prática e conheça nossas soluções que podem te ajudar ainda mais em seu negócio!

Robson Lins

Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Campina Grande, CMO na AM3 Soluções, apaixonado por cinema, música e tecnologia.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of